IMPACTO DO PROGRAMA MAIS MÉDICOS NA ATENÇÃO BÁSICA DE UM MUNICÍPIO DO SERTÃO CENTRAL NORDESTINO

  • Ana Paula Agostinho Alencar Departamento de Enfermagem, Universidade Regional do Cariri (Urca) – Juazeiro do Norte, Ceará - Brasil.
  • Samyra Paula Lustoza Xavier Instituto Centro de Ensino Tecnológico – Centec – Fortaleza,Ceará – Brasil
  • Patrícia Agostinho da Silva Laurentino Coordenação Estratégia de Saúde da Família – Paraíba-Brasil
  • Petrúcya Frazão Lira Departamento de Enfermagem, Faculdade do Juazeiro do Norte, Juazeiro do Norte, Ceará – Brasil
  • Vânia Barbosa do Nascimento Departamento de Saúde da Coletividade, Faculdade de Medicina do ABC, Santo André, SP- Brasil
  • Nivaldo Carneiro Departamento de Saúde da Coletividade, Faculdade de Medicina do ABC, Santo André, SP- Brasil
  • Alexandre Fonseca
  • Fernando Luiz Affonso Fonseca Universidade Federal de São Paulo e Faculdade de Medicina do ABC Universidade Federal de São Paulo, Campus Diadema, Diadema,SP – Brasil
Palavras-chave: Programa Mais Médicos, Atenção Básica, Atenção a Saúde

Resumo

Tendo em vista os problemas inerentes à atenção primária a saúde, o Governo Federal implantou o “Programa mais médicos para o Brasil” em busca de melhoria na assistência e do acesso á atenção primária a saúde com vistas de proporcionar qualidade de vida aos usuários do Sistema Único de Saúde - SUS através da prevenção e promoção da saúde. Este estudo visou identificar os impactos causados pela implementação do Programa Mais Médicos em um município do sertão central nordestino. O estudo foi constituído a partir da análise estatística dos indicadores registrados no Sistema de informação da Atenção Básica SIAB. Os dados foram processados no software Stata®, na versão 11.0, onde, a partir da análise estatística descritiva, os resultados foram analisados e apresentados em tabelas.  O estudo identificou que a partir da implementação do Programa Mais Médicos houve um aumento considerável no número de consultas e atendimentos realizados pelos médicos, tendo destaque os atendimentos prestados aos pacientes portadores de tuberculose e hanseníase e impacto nas solicitações dos exames complementares que sofreu uma queda bastante considerável. Outro ponto identificado é o aumento de visitas domiciliares. Pode se realizar uma análise de forma geral de melhoria dos indicadores da saúde no município depois do programa mais médicos implantado segundo resultados estatísticos apresentados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexandre Fonseca

Universidade Federal de São Paulo, Campus Diadema, Diadema,SP – Brasil

Publicado
20-07-2016
Como Citar
Agostinho Alencar, A. P., Lustoza Xavier, S. P., Agostinho da Silva Laurentino, P., Frazão Lira, P., Barbosa do Nascimento, V., Carneiro, N., Fonseca, A., & Affonso Fonseca, F. L. (2016). IMPACTO DO PROGRAMA MAIS MÉDICOS NA ATENÇÃO BÁSICA DE UM MUNICÍPIO DO SERTÃO CENTRAL NORDESTINO. Gestão E Sociedade, 10(26), 1290-1301. https://doi.org/10.21171/ges.v10i26.2085