A PERCEPÇÃO DOS USUÁRIOS CEARENSES SOBRE O PROGRAMA MAIS MÉDICOS

  • Cynthia de Freitas Melo Universidade de Fortaleza
  • Darli Chahine Baião Universidade de Fortaleza
  • Mariana Carvalho Costa Universidade de Fortaleza
Palavras-chave: Avaliação de Programas, Política de saúde, Atenção Primária à Saúde.

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo conhecer a percepção que usuários da Estratégia Saúde da Família possuem sobre o programa. Trata-se de uma pesquisa exploratória de abordagem qualitativa. Participaram seis usuários da Estratégia Saúde da Família atendidos por médicos bolsistas do programa, que responderam a um roteiro de entrevista semiestruturado, cujo os resultados foram  avaliados por análise de contéudo de Bardin. Os resultados mostraram que existe um desconhecimento por parte dos usuários sobre o programa. Os usuários acreditam que os médicos convencionais têm indisposição para o atendimento, especulam financeiramente a medicina e não realizam atendimento humanitário. Afirmam ainda que, apesar dos médicos bolsistas estrangeiros possuírem uma limitação com o idioma, desenvolvem uma relação de afeto com a população e são considerados capacitados. Apesar das barreiras encontradas, existe uma avaliação positiva do programa por parte dos usuários, que consideram que ele tem ajudado a suprir a quantidade de médicos, ocasionando a melhoria do serviço e do acesso à saúde. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cynthia de Freitas Melo, Universidade de Fortaleza
 Cynthia de Freitas Melo Lins

Psicóloga (licenciatura e formação)

Doutora em Psicologia - UFRN

Professora do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Unifor
CV Lattes:http://lattes.cnpq.br/0959784070938964

Darli Chahine Baião, Universidade de Fortaleza
Psicóloga. Mestranda em Psicologia pela Psicologia da Unifor.
Mariana Carvalho Costa, Universidade de Fortaleza
Cientista social. Graduanda em Psicologia pela Universidade de Fortaleza.
Publicado
20-07-2016
Como Citar
Melo, C. de F., Baião, D. C., & Costa, M. C. (2016). A PERCEPÇÃO DOS USUÁRIOS CEARENSES SOBRE O PROGRAMA MAIS MÉDICOS. Gestão E Sociedade, 10(26), 1302-1312. https://doi.org/10.21171/ges.v10i26.2087