Motivação para atuação no voluntariado: estudo de caso em uma organização não-governamental

  • Edson Rodrigues Universidade Federal do Ceará, Brasil
  • Luana Rodrigues Universidade Federal do Ceará, Brasil
  • Ana Paula Moreno Pinho Universidade Federal do Ceará
Palavras-chave: Motivação, Voluntariado, Trabalho voluntário, Terceiro setor, Organização não-governamental

Resumo

O voluntariado tem impactado diversas áreas da sociedade, constituindo-se um importante movimento civil. Para isso, o voluntário, indivíduo que atua sem remuneração, recebendo recompensas intangíveis, é essencial. Assim, este estudo busca analisar os fatores que motivam os membros de uma organização não-governamental de Fortaleza (Ceará) a atuarem no voluntariado. O tema encontra relevância à medida que essas organizações necessitam ampliar sua atuação e, quanto mais conhecem as motivações dos indivíduos, melhor podem pensar suas estratégias de gestão. Com base no modelo proposto por Gemelli (2015) e estruturada a partir de um estudo de caso, esta pesquisa apostou na triangulação metodológica para coleta de dados. Os resultados apontam que todas as categorias – pessoal, social, profissional e ideológica – se manifestam entre os voluntários. Os fatores de ordem pessoal se destacam, com ênfase na “satisfação pessoal” e no “desejo de ser útil”. Por outro lado, motivações de ordem profissional não se mostraram relevantes.

 

Palavras-Chave: Motivação, Voluntariado, Trabalho voluntário, Terceiro Setor, Organização não-governamental.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALVES, J. A. G. R.; PEREIRA, L. M. L.; CAVALCANTE, C. E. Luzes em uníssono: gestão de pessoas no voluntariado informal. Revista Eletrônica Gestão & Sociedade, v. 12, n.33, p. 2455-2479, set./dez. 2018.

AZEVEDO, D. C. Voluntariado Corporativo: motivações para o trabalho voluntário. Revista Produção Online, v. ed esp, p. 8, 2007.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BRANSKI, R. M.; ARELLANO, R.C.F ; LIMA JR, O. F. Metodologia de Estudo de Casos Aplicada à Logística. In: XXIV ANPET Congresso de Pesquisa e Ensino em Transporte, 2010, Salvador. Anais... Congresso de Pesquisa e Ensino em Transporte, 2010.

BRASIL. Lei nº 9.608, de 18 de fevereiro de 1998. Dispõe sobre o serviço voluntário e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 18 fev. 1998.

CAVALCANTE, C. E. Motivação no trabalho voluntário: expectativas e motivos na Pastoral da Criança. Tese (Doutorado em Administração). Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.

CAVALCANTE, E. C.; SOUZA, W. S.; CUNHA, A. S.; NASCIMENTO, M. A.; FERNANDES, L. T. “Por que sou volintário?”: Etapa de construção de escala. Revista Pretexto, v. 3, n. 2, 2012.

CAVALCANTE, C. E.; SOUZA, W. J. de; MOL, A. L. R.; PAIVA, J. de A. Motivação para a entrada de voluntários em ONG brasileira. Revista de Administração (FEA-USP), v. 50, p. 523-540, 2015.

CHOI, N. G.; CHOU, R. J. Time and Money volunteering among older adults: the relationship between past and current volunteering and correlates of change and stability. Ageing & Society, 30(3), 2010.

CLARY, E. G.; SNYDER, M. The Motivations to Volunteer: Theoretical and Practical Considerations. American Psychological Society, Vol. 8, n. 5, October, 1999.

CLARY, E. G.; SNYDER, M.; RIDGE, R. Volunteers motivations: a functional strategy for the recruitment, placement, and retention of volunteers. Nonprofit Management and Leadership, 1992.

CLARY, E.G.; SNYDER, M.; RIDGE, R.D.; COPELAND, J.; STUKAS, A.A.; HAUGEN, J.; MIENE, P. Understanding and assessing the motivations of volunteers: A functional approach. Journal of Personality and Social Psychology, 74, 1998.

CNAAN, R. A.; GOLDBERG-GLEN, R. S. Measuring motivation to volunteer in human services. Journal of Applied Behavioral Science, v. 27, 1991.

CNAAN, A. R.; CASCIO, T. Performance and commitment: issues in management of volunteers in human service organizations. Journal of Social Service Research, 24, 1-37, 1998.

COOPER, D. R.; SCHINDLER, P. S. Métodos de pesquisa em administração. 10. ed. Porto Alegre: Bookman, 2011.

CRESWELL, John W. Projeto de pesquisa: métodos qualitativo e quantitativo. 3ed. Porto Alegre: Artmed, 2014.

FERREIRA, M.; PROENÇA, T.; PROENÇA, J. As motivações no trabalho voluntário. Revista Portuguesa e Brasileira de Gestão, 2008.

FISCHER, L.; SCHAFFER, K. Older volunteers: a guide to research and practice. Newbury Park: Sage, 1993.

GEISER, C. OKUN, M. GRANO, C. Who is motivated to volunteer? A latent profile analysis linking volunteer motivation to frequency of volunteering. Psychological Test and Assessment Modeling, vol. 56, 2014.

GEMELLI, C. E. Motivações para o trabalho voluntário sob a perspectiva do indivíduo: um estudo de caso na ONG Junior Achievement. 2015. Dissertação (Mestrado em Administração). Escola de Gestão e Negócios. Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2015.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2007.

HAGERTY, B. M. Sense of Belonging: a vital mental health concept. Archives of Psychiatric Nursing, 1992.

HERZBERG, F. Mais uma vez: como motivar seus funcionários. In: VROOM, V. H. (Org.). Gestão de pessoas, não de pessoal. Rio de Janeiro: Campos, 1997.

JACCOUD, M.; MAYER, R. A observação direta e a pesquisa qualitativa. In: POUPART, J. et al. A Pesquisa qualitativa: Enfoques epistemológicos e metodológicos. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008.

KOHAN, F. Entrenamiento para voluntarias en servicio social. Buenos Aires: [s.n.], 1965.

KOTLER, P. Marketing for non-profit organizations. Prentice Hall: NJ, 1975.

LATHAM, G. P.; PINDER, C. C. Work motivation theory and research at the dawn of the Twenty-First Century. Annual Reviews Psychology, vol. 56, 2005.

MARTINS, G. A. Estudo de caso – uma estratégia de pesquisa. São Paulo: Editora Atlas, 2006.

MARTINS, M. C.; BERUSA, A. A.; SIQUEIRA, S. Humanização e Voluntariado: estudo qualitativo em hospitais públicos. Revista Saúde Pública, v. 44, n.5, 2010.

MASCARENHAS, A. O.; ZAMBALDI, F.; VARELA, C. A. Motivação em programas de voluntariado empresarial: um estudo de caso. Revista Organizações em Contexto, vol. 9, n. 17, 2013.

MASLOW, Abraham. Motivation and personality. New York: Harper e Brothers, 1954.

MCCLELLAND, David. Power motivation and organizational leadership. New York: Irvington, 1975.

MCGREGOR, D. Motivação e liderança. São Paulo: Brasiliense, 1973.

MONTEIRO, I. S.; MAIA, A. Propriedade psicométricas da versão portuguesa do instrumento de avaliação ao sentimento de pertença. Revista de Ciências da Saúde de Macau, v.9, n.1, 2009.

MOURA, L. R.; SOUZA, W. J. Elementos do trabalho voluntário na Pastoral da Criança: características e motivos. Holos (Natal. Online), v. 3, p. 150, 2007.

NEERGAARD, H.; ULHOI, J. P. Introduction: methodological variety in enterpreneurship. In: NEERGAARD, H.; ULHOI, J. P. (Org.). Handbook of qualitative research methods in enterpreneurship. Cheltenham, UK: Edward Elgar, 2007.

PAPADAKIS, K. GRIFFIN, T. FRATER, J. Understanding Volunteers’ Motivations. Northeastern Recreation Research Symposium, 2004.

PARBOTEEAH, K. P.; CULLENB, J. B. e LIM, L. Formal volunteering: a cross-national test. Journal of World Business, vol. 39, nº 4, 2004.

PIDGEON, W. The Universal Benefits of Volunteering. New York: Jon Wiley & Sons, 1997.

PINHO, A. P. M.; BASTOS, A. V. B.; ROWE, D.E.O. Diferentes vínculos indivíduo-organização: explorando seus significados entre gestores. RAC - Revista de Administração Contemporânea (Online), v. 19, p. 288-304, 2015.

PINTO, J. B. M.; GUEDES, M. A.; BARROS, V. A. de. Trabalho voluntário, solidariedade e política: um estudo com os agentes da Pastoral Carcerária de Belo Horizonte. In: PIMENTA, S. M.; SARAIVA, L. A. S.; CORRÊA, M. L. (Org). Terceiro setor: dilemas e polêmicas. São Paulo: Saraiva, 2006.

ROESCH, S. A. Projetos de estágio e de pesquisa em administração: guia para estágios, trabalhos de conclusão, dissertações e estudos de caso. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2006.

SALAZAR, K. A.; SILVA, A. R. L.; FANTINEL, L. D. As relações simbólicas e a motivação no trabalho voluntário. RAM. Revista de Administração Mackenzie (Online), v. 16, p. 171-200, 2015.

SERAPIONI, M.; FERREIRA, S.; LIMA, T. M. Voluntariado em Portugal: contextos, atores e práticas. Coimbra: Fundação Eugenio de Almeida, 2013.

SERVA, M. A racionalidade substantiva demonstrada na prática administrativa. Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v. 37, n. 2, p. 18-30, 1997.

SOBUS, M.S. Kerstin. Mandating community service: Psychological implications of requiring prosocial behavior. Law and Psychology Review, 1995.

SOUZA, L. F.; COSTA, H. G. Motivação para o voluntariado - uma análise de sua evolução na literatura. In: IX Congresso Nacional de Excelência em Gestão (CNEG), 2013, Niterói. Anais... Niterói: Universidade Federal Fluminense, 2013.

SOUZA, W. J.; MEDEIROS, J. P. Trabalho voluntário: Motivos para a sua realização. Revista de Ciências da Administração, vol. 14. n. 33, 2012.

STEVEN, E. S. Toward satisfaction and retention of senior volunteers. Journal of Gerontological Social Work, 1991.

TEODÓSIO, A. S. Voluntariado: entre a utopia e a realidade da mudança social. In: Encontro da Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Administração. Anais… ENANPAD. Salvador/BA, 2002.

ULLRICH, D. R.; OLIVEIRA, J. S.; BASSO, K.; VISENTINI, M. S. Reflexões teóricas sobre confiabilidade e validade em pesquisas qualitativas: em direção à reflexividade analítica. Análise – Revista de Administração da PUCRS, Porto Alegre, v. 23, n. 1, p. 19-30, jan./abr. 2012.

VROOM, Victor. Work ad Motivation. New York: John Wiley, 1964.

WARBURTON, J.; SMITH-MERRY, J.; ROGERS, M. Recruiting and retaining volunteers in local New South Wales HACC Community Servers: a volunteer perspective. La Trobe University, 2011.

WILSON, J.; MUSICK, M. Effects of volunteering on the volunteer. Law & Contemporary Problems, vol. 62, 2000.

WILSON, J. Volunteering. Annual Review of Sociology, vol. 26, n.o 1, pp. 215-240, 2000.

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 2. ed. Porto Alegre: Bookman, 2001.
Publicado
31-08-2020
Como Citar
Rodrigues, E., Rodrigues, L., & Pinho, A. P. M. (2020). Motivação para atuação no voluntariado: estudo de caso em uma organização não-governamental. Gestão E Sociedade, 14(40), 3923-3952. https://doi.org/10.21171/ges.v14i40.3104