A crise do Coronavírus e o agricultor familiar produtor de hortaliças

  • Maria Thereza Macedo Pedroso Embrapa Hortaliças
  • Graciella Corcioli Universidade Federal de Goiás
  • Cristian Foguesatto Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Palavras-chave: agricultura, comercialização, PAA, PNAE, política pública, COVID-19, pandemia

Resumo

O objetivo desse estudo foi verificar os principais efeitos imediatos da crise do coronavírus (Covid-19), em particular, sobre a comercialização de hortaliças produzidas em estabelecimentos agropecuários denominados familiares. Para realização desse estudo recorreu-se à revisão bibliográfica e a realização de entrevistas semi-dirigidas. O estudo aponta que a maior diferenciação social entre os produtores decorrente da pandemia tem estreita relação com o canal de comercialização dominante. Verifica-se que os produtores que comercializam para os supermercados, diretamente ou indiretamente, conseguem manter o escoamento de forma mais regular, uma vez que esses estabelecimentos seguem abertos por serem “serviços essenciais”. Mas parte considerável dos agricultores familiares que dependem do funcionamento dos restaurantes e das feiras está em situação de maior vulnerabilidade econômica. Outro importante canal de comercialização para o agricultor familiar são as compras institucionais, em especial, o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). Para o PAA, a modalidade mais utilizada pelos agricultores familiares é a “Compra com Doação Simultânea”, a qual apresentou decréscimo vertiginoso desde o ano de 2013. O PNAE, por sua vez, diminuiu as aquisições em função da suspensão das aulas em vários municípios. Conclui-se que são dois programas que constituem alternativas concretas para minimizar os impactos causados pela atual crise sobre os agricultores familiares, além de garantir alimentos às pessoas em condições mais vulneráveis.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BORGES, A. A.; CLARO, R. M.; MARTINS, A. P. B.; VILLAR, B. S. Quanto custa para as famílias de baixa renda obterem uma dieta saudável no Brasil? Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, 31(1):137-148, jan, 2015.

BRASIL, Lei n° 11.947 de 16 de junho de 2009. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2009/Lei/L11947.htm>. Disponível em: 26 de abril de 2020.

BRASIL, Lei n° 13.987 de 7 de abril de 2020. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2020/lei/l13987.htm>. Acesso em: 27 de abril de 2020.

BRASIL. Ministério da Saúde. Guia alimentar para a população brasileira: promovendo a alimentação saudável. Brasília: Ministério da Saúde, 2006. 210p.

BRASIL, Lei n° 11.326 de 24 de julho de 2006. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2006/Lei/L11326.html>. Acesso em: 26 de abril de 2020.

CONAB – Companhia Nacional de Abastecimento. Compêndio de estudos da Conab. 2019. Disponível em: <https://www.conab.gov.br/institucional/publicacoes/compendio-de-estudos-da-conab>. Acesso em: 26 de abril de 2020.

FNDE – Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. Educação Alimentar e Nutricional. 2020. Disponível em: <https://www.fnde.gov.br/programas/pnae/pnae-eixos-de-atuacao/pnae-educacao-alimentar-nutricional>. Acesso em: 20 de abril de 2020

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Agropecuário. 2017. Diposnível em: < https://sidra.ibge.gov.br/pesquisa/censo-agropecuario/censo-agropecuario-2017>. Acesso em 26 de abril de 2020.

PEDROSO, M.T.M. A epidemia do coronavírus e as cadeias produtivas de hortaliças. 2020. Disponível em: <https://www.embrapa.br/en/hortalicas/busca-de-noticias/-/noticia/51140463/artigo-a-epidemia-do-coronavirus-e-as-cadeias-produtivas-de-hortalicas>. Acesso em 20 de abril de 2020.

PEDROSO, M. T. M. A pandemia e as hortaliças não folhosas (commodities de consumo in natura). Documento Séries da Embrapa (no prelo), 2020.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. The world health report 2002: reducing risks, promoting healthy life. Geneve. 2002.

Publicado
01-06-2020
Como Citar
Pedroso , M. T. M., Corcioli , G., & Foguesatto, C. (2020). A crise do Coronavírus e o agricultor familiar produtor de hortaliças. Gestão E Sociedade, 14(39), 3740-3749. https://doi.org/10.21171/ges.v14i39.3254