O DESAFIO DE FORMAR COMPETÊNCIAS E GERAR RESULTADOS: A ONISCIÊNCIA E A ONIPRESENÇA DA GESTÃO DE PESSOAS

  • Adelaide Maria Coelho BAÊTA
  • Reginaldo de Jesus Carvalho LIMA
  • Neuza BELO
Palavras-chave: Gestão de pessoas, competências, novo estilo de gestão.

Resumo

O presente artigo aborda a formação de competências, tendo como objetivo promover a reflexão acerca da postura adotada pela área de Gestão de Pessoas – GP no contexto atual, a partir da revisão da literatura e uma pesquisa qualitativa, na qual se utilizou o método estudo de caso. Foram analisadas subsidiárias de grupos, nacionais e estrangeiros, de forte expressão nos mercados doméstico e internacional. Foram entrevistados profissionais do nível gerencial. Os resultados da pesquisa revelaram a emergência de um novo perfil de trabalhador e a priorização de competências comportamentais. Este artigo procura demonstrar como a GP tem atuado de forma dinâmica e flexível na condução da gestão do capital humano. O artigo constitui-se de cinco partes: Uma parte introdutória; o referencial teórico; a metodologia adotada; a síntese dos principais resultados e as conclusões.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
17-07-2009
Como Citar
BAÊTA, A. M. C., LIMA, R. de J. C., & BELO, N. (2009). O DESAFIO DE FORMAR COMPETÊNCIAS E GERAR RESULTADOS: A ONISCIÊNCIA E A ONIPRESENÇA DA GESTÃO DE PESSOAS. Gestão E Sociedade, 1(2). https://doi.org/10.21171/ges.v1i2.530
Seção
Artigos