UMA ANÁLISE SEMIÓTICA DO POTENCIAL MERCADOLÓGICO DA IMAGEM DE ATLETAS PARAOLIMPICOS

  • Marina Dias de Faria PUC-Rio
  • José Luis Felicio Carvalho PUC-Rio
Palavras-chave: Paraolimpíadas, Pessoas com deficiências, Comunicação mercadológica, Análise semiótica.

Resumo

Em razão da escolha do Brasil para sediar a Copa do Mundo de Futebol em 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016, os investimentos em publicidade e ações de marketing devem aumentar no país. Ainda que uma das formas de inclusão preconizadas no ideal Olímpico se dê por meio dos Jogos Paraolímpicos, raramente pessoas com deficiências (PcD) são retratadas em peças ou mensagens publicitárias. Nesse contexto, a pesquisa tem por objetivo investigar os processos de significação resultantes da exposição de consumidores a imagens de atletas paraolímpicos. Em decorrência do objetivo surgem questionamentos como: (1) que produtos poderiam ser associados a tais imagens?; (2) que sensações são por elas despertadas?; (3) em que circunstâncias o uso de imagens de para-atletas poderia beneficiar empresas? Os resultados, que emergiram dos grupos de foco, sugerem que, por diversos motivos, apontados ao final do artigo, subsiste resistência em associar atletas com deficiências a marcas e produtos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marina Dias de Faria, PUC-Rio
Mestre em Administração (PUC-Rio)
José Luis Felicio Carvalho, PUC-Rio
Doutor em Administração (PUC-Rio). Professor Adjunto da FACC/UFRJ
Publicado
27-06-2011
Como Citar
de Faria, M. D., & Carvalho, J. L. F. (2011). UMA ANÁLISE SEMIÓTICA DO POTENCIAL MERCADOLÓGICO DA IMAGEM DE ATLETAS PARAOLIMPICOS. Gestão E Sociedade, 4(9), 657-688. https://doi.org/10.21171/ges.v4i9.994
Seção
Artigos